Pulmonary Embolism Regional Registry

Apoio Científico





Plataforma apoiada por:

Centros Participantes

  • Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro
  • Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho
  • Centro Hospitalar Entre o Douro e Vouga
  • Centro Hospitalar Universitário do Porto
  • Hospital da Luz Arrábida
  • Hospital de Braga
  • Hospital de Santa Luzia
  • Unidade Local de Saúde de Matosinhos - Hospital Pedro Hispano

Informação do Registo

O Pulmonary Embolism Regional Registry (PERR) é um estudo observacional prospetivo multicêntrico de doentes com diagnóstico de Embolia Pulmonar (EP).

Objetivo

O objetivo principal é conhecer a prevalência, fatores de risco, abordagem diagnóstica e tratamento agudo e a longo prazo da Embolia Pulmonar (EP) em Portugal. O objetivo secundário é determinar a taxa de incidência de Doença Tromboembólica Crónica (DTC), com ou sem hipertensão pulmonar, fatores de risco, correlacionar a presença de DTC com a apresentação da EP aguda e o seu tratamento.

Protocolo do estudo: desenho e metodologia

O PERR é um registo de doentes com EP confirmada por angioTC, ou cintigrafia de ventilação-perfusão e tem dois momentos de avaliação (figura 1):

- Fase de inclusão corresponde ao momento do diagnóstico, após colheita do consentimento informado. Esta fase tanto poderá ser na admissão hospitalar ou no ambulatório (serviço de urgência ou consulta).

- Follow up, inclui pelo menos 4 consultas (entre os 3-6 meses, 12, 24 e 36 meses).

Figura 1. Desenho do estudo

Legenda: EP: embolia pulmonar

Os centros de investigação incluem doentes que cumprem os seguintes critérios de elegibilidade:

1. Critérios de inclusão:

- EP aguda sintomática ou assintomática ;

- Idade >18 anos ;

- Disponibilidade de um mínimo de dados para caracterização de EP e um seguimento mínimo de 3 meses.

2. Critérios de exclusão:

- Doente incluído num estudo clínico terapêutico ;

- Ausência ou retirada do consentimento informado.

Os dados registados incluem comorbilidades, fatores de risco, abordagem diagnóstica, tipo de tratamento agudo, duração, outcomes e estudo etiológico complementar. Os outcomes são a recorrência de EP, hemorragia major ou clinicamente significativa, morte, ou evolução para doença tromboembólica crónica.

A colheita de dados é efetuada pelo investigador de cada centro de investigação. Os dados são registados numa plataforma eletrónica.

Duração do estudo

O estudo tem uma duração prevista de 3 a 5 anos

Gestão dos dados e confidencialidade

A Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC), através do Centro Nacional de Coleção de Dados em Cardiologia (CNCDC), é responsável pela gestão e tratamento de dados. Os dados de cada doente são inseridos numa plataforma eletrónica online, alojada no servidor da SPC. A confidencialidade dos dados do doente e do médico é protegida antes do envio dos dados, atribuindo-se um número de estudo exclusivo a cada doente e excluindo todas as outras informações, que possam identificar diretamente uma pessoa (e.g., nome, número processo clínico, etc). O acesso à plataforma é limitado, tendo apenas acesso a equipa de investigação e o CNCDC. Os investigadores deverão manter atualizado um patient log, de forma a permitir o seguimento dos doentes. A qualidade dos dados é monitorizada e é realizada uma auditoria completa dos dados é em intervalos periódicos.

Como participar?

Se pretende ser investigador do registo, ou ter informações adicionais poderá contactar o cncdc@spc.pt.